sábado, 6 de agosto de 2011

Misterioso amor

Hoje despertei no amanhecer e meus pensamentos navegaram a deriva em busca de um porto seguro, algum lugar que eu pudesse encontrar o significado do inconcebível para nós humanos ou pseudo humanos que buscam se humanizar a cada passo de nossa evolução. E nas minhas reflexões, me perdi em um pensamento excessivamente humano... “Amai a teu próximo como a ti mesmo”.
Mas apenas o teu próximo não basta falou o mestre, pois é fácil amar quem tu tens afeição, “Amai o teu inimigo”, é inacreditável, como amar o inimigo?
Se este pensamento for humano, é para uma humanidade que virá no futuro, muito mais evoluída, ou de algum ser alienígena que tem uma consciência que transcende a nossa limitada visão do amor, nesta lamentável realidade onde o egoísmo, ódio e ganância estão implícitos na essência deste ser que é intitulado humano. Que amor é esse? Que sentir é esse? É tão  fácil falar de amor... Vive-lo se tornou algo sobrenatural em nossas vidas, algo intocável. Se você aprendeu... Ensine-me! Se você consegue amar seu inimigo, você conseguiu realizar a real ficção. O amor clama por aqueles que não temem excessivamente amar!
Que o natal não seja apenas esse modelo alienado de consumismo americano, e que o símbolo do natal não seja papai Noel e sim o AMOR.
 Carlos Reis Agni

9 comentários:

  1. Nossa... É nunca parei pra pensar nisso. Como se amar o inimigo, Como você pode amar uma pessoa que soh quer seu mal...Parei...Pensei numa resposta...Mais não achei...


    Eu acho que se ama seu inimigo quando você não se rebaixa ao nível dele, não revida as ofensas dele, não sente ódio dele...por que... tipo o que vem de baixo não te atinge... mais ai você não vai estar o amando e sim o ignorando...Acho que não tem como amar seu inimigo basta você soh não odiá-lo e não querer o mal dele...O mostrando que você não é igual a ele... Acho que isso vai fazê-lo parar e pensar no que ele esta fazendo.

    Amei seu blog e vou visita ele sempre =D

    ResponderExcluir
  2. apesar da mensagem eu ja tentei mas não consigo amar meu inimigo ,pois e impossivel amar aquele que so quer o meu mal não que eu o odei mas amar........ é impossivel.

    ResponderExcluir
  3. eu acredito que não existe vários tipos de amor.E se formos refletir existe apenas um amor, que é genuino, loganimo. o amor por se só basta, não precisa de um segundo elemento.´ou você é capaz de amar ou não é. por isso Jesus Cristo nos fala que é muito facil amar um amigo, não ha nada de extraordinário nisso, mas quem consegue amar um inimigo, esse sim é um ser capaz de amar um amor que tudo sofre, tudo crer e tudo suporta muito bem descrito por o apóstolo Paulo, na carta aos Corínios.
    quem consegue isso acredito eu é um SER pronto!!

    ResponderExcluir
  4. Eu acho que quem carrega o amor em seu coração não consegue odiar, não consegue desejar o mal para o proximo... é logico que existem pessoas que não da pra aturar de verdade, mas não é por isso que devemos odiala, devemos desejar que essa pessoa melhore, que encontre algo bom na vida que lhe faça refletir sobre seus atos... acho que isso que é "Amar seu inimigo".

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei muito dos teus poemas e pensamentos, pois expressam os sentimentos da alma, que hoje em dia é muito raro encontrar numa pessoa, pois elas estão mais preocupadas em ter e não em ser.Espero que você continue sempre assim, e que Deus te ilumine e te inspire hoje e sempre! Beijos.
    Ass: Kelly Patricia.

    ResponderExcluir
  6. nossa muito lindo
    e é a mais pura verdade

    ResponderExcluir
  7. amar o inimigo vai alem de nossas força mas como pra DEUS nada nessa vida e impossível quem sabe se pedirmos a ele para quebrantar nossos corações a gente não consiga essa façanha bjs ass ; marcinha

    ResponderExcluir
  8. amar o amigo é bem mais facil n!mas graças a DEUS n tenho inimigos , se tenho n sei....se fico sabendo quem sabe aprendo!!bjs ..tide

    ResponderExcluir
  9. é verdade isso, pois a vida é uma caixinha de surpresas, pois amar nao é facil, como de falar tem que compreender pra poder amar, amar com emoçao para entender o coraçao assim vivendo uma grande paixao, paixao nao é loucura mas sim uma grande doce aventura... Bruna

    ResponderExcluir