sábado, 27 de agosto de 2011

Magnetismo




Na janela dos meus sonhos, eu te descobri, te encontrei...
Ainda é fascinante quando eu consigo fitar os teus olhos.
Quando beijo a palma da tua mão,
Eu descubro o mapa da tua vida.
Não posso negar:
Tornei-me um viciado
Pelo cheiro de shampoo misturado ao teu suor!
Só você sabe o pacto que existe entre as nossas almas,
Você sente e eu sei de algo que não se explica,
Como a dor da saudade
Que consegue gritar mensagens
Em garrafas de náufragos...
Te ver é romper todos os limites
Estando preso neste magnetismo.

Carlos Reis Agni

3 comentários:

  1. essa mensagem fala tudo sobre a minha vida muito obrigada por me dar essa chance de conhecer as suas poesias

    ResponderExcluir
  2. muito lindo adorei!!!!!!!!!!!essa mensagem em especial fala um pouco sobre mim sobre o meu amor proibido,obrigada por me dar a chance de conhecer esse trabalho tao lindo!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir