quarta-feira, 27 de julho de 2011

Diva



Se eu tiver apenas um minuto
Quero viver, nos teus olhos,
A contemplação de todos os mistérios.
Se tuas lágrimas molharem minha face
Serei contemplado por ter sido tocado
Pelo indecifrável sentimento.
Se eu morrer,
Renascerei em cada ser que rebenta de teu ventre.
Tu és a fonte onde brota a vida,
Um inconsciente portal que dá curso à existência
Nas linhas da eternidade.
Quem sabe, eu não renascerei outra vez de ti:
Ângela, Beatriz, Clara, Daniela, Edna, Fátima, Maria...
Não importa.
O mágico e fascinante é que tu és mulher!
“A alma do poeta vive à flor da pele de sua sensibilidade”

Carlos Reis Agni

2 comentários: